Tempo a favor do São Paulo

Equipe espera recuperar os atletas machucados até o jogo contra o Cruzeiro, no dia 27

Giuliander Carpes, O Estadao de S.Paulo

16 de maio de 2009 | 00h00

O São Paulo tem hoje sete jogadores lesionados. E ganhou tempo para recuperar boa parte deles até o primeiro confronto com o Cruzeiro, pelas quartas de final da Taça Libertadores. Ontem, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) definiu que a partida em Belo Horizonte será dia 27 e o duelo decisivo, no Morumbi, apenas em 17 de junho.Rodrigo, fora por seis meses por causa de uma embolia pulmonar, e Rogério Ceni (fratura no tornozelo) serão os únicos atletas que ainda não estarão recuperados até lá. André Dias, Renato Silva e Dagoberto, com problemas musculares, e Jean e Aislan, com dores lombares, deverão estar aptos a atuar."Essa definição foi muito boa porque, pelos nossos cálculos, temos como recuperar boa parte dos jogadores", comemorou o técnico Muricy Ramalho. "No primeiro jogo das quartas da Libertadores teremos um time considerado completo."Até lá, o treinador espera que a equipe também reencontre o caminho das vitórias. "A gente tem convicção no que está fazendo. No momento certo, a equipe vai se acertar e começar a dar resultados de novo", disse Muricy, ainda cauteloso para as próximas partidas do Brasileiro - amanhã, com o Atlético-PR, e dia 24, com o Palmeiras.Para o duelo com o Cruzeiro pela Libertadores, o técnico já deverá contar com o meia Marlos, do Coritiba, cuja contratação é dada como certa no Morumbi. No dia 24, acaba seu contrato com a equipe paranaense e, no dia seguinte, o atleta deve desembarcar em São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.