Tênis do Brasil estreia com vitória e derrota nas duplas

Marcelo Melo e Bruno Soares passaram pelos americanos John Isner e Andy Roddick, mas Bellucci e André Sá caíram

AE, Agência Estado

28 de julho de 2012 | 15h28

O tênis brasileiro obteve uma vitória e uma derrota no primeiro dia do torneio de duplas nos Jogos Olímpicos de Londres, neste sábado, nas quadras de grama de Wimbledon. Marcelo Melo e Bruno Soares passaram pelos norte-americanos John Isner e Andy Roddick, mas Thomaz Bellucci e André Sá caíram diante da parceria número 2 do mundo, os irmãos americanos Bob e Myke Bryan, que são favoritos à medalha de ouro.

Melo e Soares precisaram de apenas 50 minutos de jogo para vencer Isner e Roddick por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/4. No primeiro set, os tenistas brasileiros quebraram duas vezes o saque dos adversários, abriram 4/0 e não tiveram maiores dificuldades para administrar a confortável vantagem. No segundo set, eles quebraram o saque dos americanos em 3/3 e seguiram tranquilos para a vitória.

Na segunda rodada, Melo e Soares enfrentarão a dupla vencedora do confronto entre os checos Tomas Berdych e Radek Stepanek, quintos cabeças de chave da competição, e os italianos Daniele Bracciali e Andreas Seppi, que está marcado para acontecer neste domingo.

Por sua vez, a dupla Bellucci/Sá conseguiu dar trabalho aos favoritos irmãos Bryan, mas caiu por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/5), 6/7 (5/7) e 6/3. No primeiro set, os brasileiros conseguiram levar o jogo para o tie-break, em que chegaram a fazer 5/2, mas tomaram a virada. O segundo set também foi para o desempate, quando a dupla do Brasil se recuperou dos erros para fechar com autoridade. No último e decisivo set, um erro num voleio de Bellucci em 3/4 deu aos americanos a quebra de saque e a vantagem para fechar o jogo.

Agora, os irmãos Bryan aguardam os ganhadores do jogo entre os alemães Christopher Kas e Phhilipp Petzschner e os russos Nikolay Davydenko e Mikhail Youzhny.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.