Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Dylan Buell/AFP
Dylan Buell/AFP

Tenista inglesa diz ter tido palpitações cardíacas em estreia de torneio nos EUA

Johanna Konta precisou de atendimento médico em quadra, mas mesmo assim continuou a jogar

Redação, Estadão Conteúdo

11 de agosto de 2020 | 10h37

A tenista inglesa Johanna Konta passou por um susto em sua estreia no Torneio de Lexington, disputado em quadras duras nos Estados Unidos, na noite de segunda-feira. Além da derrota por 2 sets a 0 para a checa Marie Bouzkova, a cabeça de chave número 3 revelou após o jogo que teve que superar um susto médico, sentindo-se tonta depois de sofrer palpitações cardíacas.

Em quadra, Konta precisou de atendimento médico logo no início da partida, mas conseguiu seguir jogando. "Senti como se tivesse palpitações no início da partida. É a quarta vez que isso acontece comigo e a segunda nos últimos três meses. A frequência cardíaca dispara sem motivo. Fiz muitas análises e já me disseram que não é grave", contou logo após a derrota.

"Minha frequência cardíaca dispara sem motivo e sinto que não estava puxando ar suficiente em meus pulmões. Demorou um pouco para acalmar, mas depois consegui me concentrar no tênis. Não sabemos por que isso acontece porque tenho esse problema em situações estressantes e em situações sem estresse. Nós simplesmente não sabemos. Tem sido esporádico", acrescentou Konta.

Atual número 15 do mundo, a britânica pretende fazer novos exames médicos para tentar resolver o problema. "Vou fazer outro eletrocardiograma e ver quais protocolos podemos tomar. Provavelmente não vai acontecer novamente por mais um ano ou algo assim. Não estou muito preocupada", finalizou a tenista de 29 anos.

No mesmo torneio, Luisa Stefani, a principal duplista do Brasil, voltou ao circuito profissional com vitória. Também na segunda-feira, a tenista e sua parceira, a americana Hayley Carter, venceram as locais Quinn Gleason e Catherine Harrison por 2 sets a 0.

Stefani é a primeira tenista brasileira a voltar a competir no circuito profissional após a paralisação de quase cinco meses, causada pela pandemia do novo coronavírus. As competições oficiais femininas voltaram na semana passada com a disputa do Torneio de Palermo, na Itália. Nesta semana, estão sendo disputados os Torneios de Lexington e de Praga (saibro), na República Checa.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisJohanna Konta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.