Elaine Thompson/AP
Elaine Thompson/AP

Terceira rodada da NFL termina com apenas três times invictos

No domingo, em reedição da final do Super Bowl, os Seahawks bateram os Broncos em jogo decidido na prorrogação

Gustavo Zucchi, O Estado de S. Paulo

23 Setembro 2014 | 05h13

A terceira rodada da NFL começou com um massacre na última quinta-feira, assistiu a reedição do último Superbowl no domingo e viu apenas três times manterem a invencibilidade do torneio. Para novo desgosto de Peyton Manning, o Seahawks novamente superou os Broncos, mas pelo menos desta vez o QB de Denver jogou o que se espera dele. Quem também acabou fazendo o que se espera foram os Buccaneers, que amargaram sua terceira derrota na temporada, uma regularidade negativa, e não conseguiram nem assustar a defesa dos Falcons. Já os Titans, em luto pela morte de Rob Bironas, não se deram bem diante do invicto Bengals. Confira como foram os principais jogos da Liga de Futebol Norte-Americano.

Tampa Bay Buccaneers 14 x 56 Atlanta Falcons

A rodada começou na quinta-feira, com o Atlanta Falcons atropelando o Tampa Bay Buccaneers. Jogando em casa, o time, comandado pelo quarterback Matt  Ryan, não tomou conhecimento do frágil rival da Flórida e ganhou por 56 a 14. Logo no primeiro quarto, os Falcons abriram 21 pontos de vantagem, com direito a uma interceptação do safety Kemal Ishmael, que resultou em um dos três TDs conquistados no período.

"Foi uma noite divertida", resumiu Ryan. "Eu nunca havia visto um jogo como este", disse o técnico dos Falcons, Mike Smith. Além do placar expressivo, outro número da noite foi o recorde de Devin Hester, que retornou seu 20º chute para TD e superou o cornerback Deion Sanders. Entretanto, apesar do marcador, não foi a maior diferença na história da NFL. O grande atropelo da franquia aconteceu em 1940, quando o Chicago Bears fez 73 a 0 no Washington Redskins.

Tennessee Titans 7 x 33 Cincinnati Bengals

Uma das grandes surpresas da temporada, os Bengals ganharam mais uma. Após bater Ravens e Falcons, o time de Cincinnati não teve dificuldade para, em casa, superar os Titans. A equipe de Tennessee entrou em campo sabendo da morte de seu ex-jogador, Rob Bironas, que faleceu em acidente de carro aos 36 anos de idade. Com  isso, o time do kicker Ryan Succop errou muito diante de um adversário que a cada jogo prova ter uma defesa sólida.

Já no ataque, os Bengals mostraram que sabem inovar. Andy Dalton, QB do time, se tornou o primeiro jogador na posição da equipe a receber um touchdown, após o passe do wide receiver Mohamed Sanu. Outras duas equipes continuam invictas na temporada: o Arizona Cardinals e o Philadelphia Eagles. Na próxima rodada, descanso para os Bengals e para os  Cardinals, com os Eagles tendo de encarar o San Francisco.

Denver Broncos 20 x 26 Seattle Seahawks

Na reedição do Super Bowl 48, deu novamente Seattle. O time do técnico Pete Carroll teve dificuldade maior diante do Denver Broncos, mas conseguiu sair com a vitória. Enquanto na decisão do título em fevereiro os Seahawks passearam no MetLife Stadium, desta vez, no CenturyLink Filed (casa do Seattle), o jogo acabou na prorrogação, em que brilhou a estrela do quarterback Russell Wilson, que liderou a campanha que terminou com o touchdown de Marshawn Lynch: o resultado foi 26 a 20.

Entretanto, Peyton Manning, criticado pela atuação apagada no Super Bowl, desta vez não ficou atrás de seu rival. O QB de Denver conquistou 303 jardas contra 258 de Wilson e foi responsável direto por dois touchdowns, inclusive o milagre no fim do tempo regulamentar, onde, com três passes completos e 80 jardas, empatou a partida em 20 a 20. "Acho que jogamos melhor esta partida que no Super Bowl", disse o técnico Pete Carroll, enaltecendo o difícil resultado. Mesmo com a derrota, os Broncos lideram sua chave na AFC, com duas vitórias e uma derrota. Já os Seahawks, com os mesmos resultados do adversário, estão em segundo na NFC, atrás do invicto Arizona Cardinals.

RESULTADOS DA 3ª RODADA DA NFL

Quinta-feira

Tampa Bay Buccaneers 14 x 56 Atlanta Falcons

Domingo

San Diego Chargers 22 x 10 Buffalo Bills

Dallas Cowboys 34 x 21 St Louis Rams

Washington Redskins 34 x 37 Philadelphia Eagles

Houston Texans 17 x 31 New York Giants

Minnesota Vikings 9 x New Orleans Saints

Tennessee Titans 7 x 33 Cincinnati Bengals

Baltimore Ravens 23 x 21 Cleveland Browns

Green Bay Packers 7 x 19 Detroit Lions

Indianapolis Colts 44 x 17 Jacksonville Jaguars

Oakland Raiders 9 x 16 New England Patriots

San Francisco 49ers 14 x 23 Arizona Cardinals

Seattle Seahawks 26 x 20 Denver Broncos

Kansas City Chiefs 34 x 15 Miami Dolphins

Pittsburgh Steelers 37 x 19 Carolina Panthers

Segunda-feira

Chicago Bears 27 x 19 New York Jets

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.