Yasuyoshi CHIBA / AFP
Yasuyoshi CHIBA / AFP

Thalita Simplício conquista a prata nos 400m; 18ª medalha do Brasil

Brasileira foi superada pela chinesa Cuiqing Liu, atual recordista mundial da prova na classe T11 (cegos)

João Prata, O Estado de S.Paulo

28 de agosto de 2021 | 00h04

A brasileira Thalita Simplício conquistou a medalha de prata nos 400m da classe T11 (cegos) nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Ela fez o tempo de 56s80 e faturou o 18º pódio para o País no Japão.

O ouro ficou com a chinesa Cuiqing Liu com o tempo de 56s25 e o bronze foi para a colombiana Angie Mamian (57s46). A prova teve somente quatro participantes e a colombiana Patricia Lopez terminou em último.

"Tudo tem seu dia e sua hora. Queríamos o ouro, claro, mas veio a prata. Ela (a chinesa) é minha principal rival, já ganhei dela e hoje ela ganhou", disse Thalita. 

Faltou pouco para a brasileira repetir o ouro na prova que ela conquistou no Mundial de Dubai em 2019. Mas em uma prova bastante disputada, ela acabou sendo superada pela chinesa que é a dona do recorde mundial dos 400m, com o tempo de 56s00 conquistado em 2018.

Thalita nasceu com glaucoma em Natal, no Rio Grande do Norte, e com 12 anos ficou cega. Chegou a disputar competições de natação, caratê e goalball antes de entrar para o atletismo. 

Nos Jogos do Rio-2016, Thalita foi prata no revezamento 4x100m. No Mundial de Dubai, além do ouro, ela terminou com a prata nos 200m.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.