Wagner Carmo/CBAt
Wagner Carmo/CBAt

Thiago Braz bate recorde e vira 3º melhor saltador da década

Brasileiro fica com prata apesar de conseguir recorde sul-americano

Estadão Conteúdo

24 de junho de 2015 | 19h41

Pela segunda vez em apenas 20 dias, o salto com vara tem um novo recorde sul-americano. E novamente o responsável pelo feito foi Thiago Braz. Nesta quarta-feira, em Baku, o garoto de Marília (SP) passou o sarrafo a 5,92m para melhorar, de uma vez só, seis centímetros o antigo recorde, que havia sido batido no último dia 4. Agora ele é o terceiro melhor saltador da década em todo o mundo.

O site da competição, denominada Street Athletics Baku, não dá maiores informações sobre a competição, mas informa que Thiago saltou 5,92m, mas ficou com a prata. O ouro foi para o alemão Raphael Marcel Holzdeppe, que também bateu seu recorde pessoal, com a mesma marca que o brasileiro. O polonês Piotr Lisek passou 5,82m para ficar com o bronze. O torneio não tem relação com os Jogos Europeus, que também estão acontecendo em Baku.

Campeão mundial juvenil em 2013, Thiago Braz vem colhendo os frutos da polêmica decisão de abandonar o técnico Elson Miranda (marido e treinador de Fabiana Murer), mudar-se para Fórmia (Itália) e trabalhar exclusivamente com o ucraniano Vitaly Petrov. O treinador formou os dois maiores nomes do salto com vara em todos os tempos: a russa Yelena Ysinbayeva e o ucraniano Serguei Bubka.

Até agora, Thiago vai mostrando que a escolha foi acertada. Em 40 dias, venceu o Troféu Brasil (5,55m) e o Meeting de Ostrava (5,75m), foi prata em Roma (5,86m, novo recorde sul-americano) e novamente ganhou ouro em uma competição em Praga (5,75m).

Thiago e Holzdeppe agora dividem o segundo lugar do ranking mundial, atrás apenas do francês Renaud Lavillenie, que é disparado o melhor do mundo e já passou de 6,05m esta temporada. Até esta temporada, o melhor resultado do brasileiro era 5,83m, recorde sul-americano feito em 2013. Agora, coloca seu nome na história. Só Lavillenie e os alemães Bjorn Otto (6,01m, em 2011) e Holzdeppe saltaram tão alto nesta década.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismosalto com varaThiago Braz

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.