Thiago Pereira fatura seu 3.º ouro nos Jogos Pan-Americanos

Natação brasileira se confirma como principal força do Brasil e já rende seis medalhas douradas

19 de julho de 2007 | 11h25

O Brasil conquistou nesta quinta-feira seu 11.º ouro nos Jogos Pan-Americanos do Rio. E a vitória veio novamente na natação. Confirmando o favoritismo, Thiago Pereira chegou em primeiro lugar na final dos 200 metros costas, cravando o tempo de 1min58s42.  Confira o quadro geral de medalhas  Conheça os detalhes das modalidades em disputa Principal nome da natação brasileira, este foi o terceiro ouro de Thiago Pereira no Pan. Ele, que espera conquistar oito medalhas no total, já havia subido ao lugar mais alto do pódio na última terça-feira, na disputa dos 400 metros medley e no revezamento 4 x 200 metros livre. "O dia foi um pouco mais duro. Mesmo assim, consegui quebrar até recordes", contou Thiago Pereira, que derrubou os marcas pan-americana (de Leonardo Costa, com 1min59s33), brasileira e sul-americana - estas duas pertenciam a Rogério Romero, que tinha 1min59s23. Antes de participar da final dos 200 metros costas, Thiago pulou na piscina para nadar as semifinais dos 200 metros medley (sua especialidade) e garantir vaga na final desta sexta-feira, que acontece a partir das 10 horas, no Parque Aquático Maria Lenk. O nadador, de 21 anos, ainda participará das provas dos 100 metros costas, 200 m peito, e dos revezamentos 4x100 m medley e 4x100 m livre. Se subir em mais quatro pódios, ele se tornará o maior ganhador de medalhas do Brasil em uma única edição de Pan, superando o ex-nadador Djan Madruga, que levou seis medalhas em San Juan (1979). "Estou muito feliz em nadar o Pan no Brasil, e também satisfeito com meu desempenho. Porém, ainda tenho muitas provas para disputar", disse Thiago. "Quero ajudar o Brasil a crescer no quadro de medalhas. Ainda falta muito a acontecer nesta semana." Thiago Pereira já tem cinco índices para os Jogos de Pequim: 200 m peito, 200 m livre, 200 m costas, 400 m medley e revezamento 4x200 m. A conquista de Thiago foi a sexta de ouro da natação no Pan. Além das três de ouro do nadador carioca, também subiram ao lugar mais alto do pódio: César Cielo (100 metros livre); Kaio Márcio de Almeida (100 metros borboleta) e Rebeca Gusmão (50 metros livre). Ainda na prova dos 200 m costas, o brasileiro Lucas Salata ficou com a medalha de bronze, ao cravar o tempo de 1min59s51. Com isso, ele garantiu vaga aos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008. A prata foi para o norte-americano Scott Clary, que fez a marca de 1min59s24. 

Tudo o que sabemos sobre:
nataçãoPan 2007Thiago Pereira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.