Thiago Pereira leva sexto ouro e quebra novos recordes

Nadador se torna o maior ganhador de medalhas do Brasil num único Pan ao lado de Djan Madruga

21 de julho de 2007 | 11h38

O carioca Thiago Pereira deu novo show neste sábado na piscina do Parque Aquático Maria Lenk. Apesar de disputar sua segunda prova no dia, ele levou a medalha de ouro na disputa dos 200 metros peito, ao cravar o tempo de 2min13s51. Foi a sexta medalha dourada do nadador nos Jogos Pan-Americanos.   Veja também:  O quadro geral de medalhas   Os detalhes das modalidades em disputa     Thiago não subiu sozinho ao pódio. Ele teve a companhia do também brasileiro Henrique Barbosa, que cravou o tempo de 2min13s83 - os dois brigaram até o final pelo ouro. Em terceiro bateu o norte-americano Scott Spann, que fez a marca de 2min13s98.   Além dessa conquista, Thiago já levou ouro nas provas dos 400 metros medley; nos revezamentos 4 x 200 e 4 x 100 metros livre, nos 200 metros medley e nos 200 metros costas. Com isso, o carioca superou as cinco conquistas do norte-americano Mark Spitz, no Pan de Winnipeg, em 1967.   De quebra, Thiago se tornou o maior ganhador de medalhas do Brasil em um único Pan-Americano ao lado do ex-nadador Djan Madruga, que levou seis medalhas em San Juan (1979).   Antes de pular na piscina para a final dos 200 m peito, Thiago já havia participado da seletiva dos 100 metros estilo costas ao lado do também brasileiro Henrique Barbosa. No domingo, o carioca participará da final desta prova e do revezamento 4x100 metros estilo medley.   "Estou feliz pelo ouro, mas começando a sentir o cansaço da série de provas", contou Thiago Pereira. "Sabia que seria difícil, mas consegui um bom tempo. Agora, vou tentar descansar o máximo possível para buscar o ouro nos 100 costas."     Thiago Pereira já tem garantido cinco índices para os Jogos de Pequim: 200 m peito, 200 m livre, 200 m costas, 400 m medley e revezamento 4x200 m livre.   A vitória do carioca uma das dez douradas da natação no Pan - já superou o desempenho de Santo Domingo. Além dos ouros de Thiago Pereira, também subiram ao lugar mais alto do pódio: César Cielo (100 metros livre); Kaio Márcio de Almeida (100 e 200 metros borboleta) e Rebeca Gusmão (50 metros livre).

Tudo o que sabemos sobre:
NataçãoPan 2007Thiago Pereira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.