Thiago Pereira vai à Austrália em busca de recorde nos 200 medley

Nadador, que também vai disputar os 100m borboleta e os 400m medley no Pan-Pacific, é dono da sétima melhor marca do ranking

Estadão Conteúdo

08 de agosto de 2014 | 17h52

Thiago Pereira embarca neste domingo para a Austrália, onde disputará o Pan-Pacífico de natação com a seleção brasileira, e na mala vai levar uma meta ousada. Ele quer se aproximar ou até mesmo bater o recorde sul-americano dos 200 metros medley, feito quando ainda era permitido o uso dos trajes tecnológicos.

"É possível sim nadar mais rápido nos 200 m medley. O meu objetivo é chegar perto ou bater a minha melhor marca na prova. O trabalho dentro e fora da piscina mostra que tenho chance de atingir essa meta. Vou enfrentar os melhores nadadores. Me sinto cada vez mais motivado e preparado", garante Thiago Pereira.

Os 200 medley é a principal prova de Thiago, que também vai disputar os 100m borboleta e os 400m medley no Pan-Pacific, a partir do próximo dia 21 de agosto. Neste ano, no Troféu Maria Lenk, ele nadou os 200m em 1min57s98, o que o deixa no sétimo lugar do ranking mundial, atrás de cinco atletas que também estarão em Gold Coast.

O recorde sul-americano foi marcado em 2009, quando ele completou o Mundial de Roma em 1min55s55, ainda 0s17 mais lento do que fez o japonês Kosuke Hagino no Campeonato Japonês deste ano. No domingo, Ryan Lochte e Michael Phelps nadam o Campeonato Norte-Americano em Irvine. A expectativa é que fiquem nas duas primeiras posições e se garantam no Pan-Pacífico também.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.