Thiago Ribeiro assinará por quatro anos

Thiago Ribeiro, atacante de 27 anos, já pode se considerar jogador do Santos - embora o clube ainda aguardasse, ontem à noite, o acerto de pequenos detalhes para anunciar a sua contratação. E agora a diretoria trabalha para fechar com o atacante argentino Javier Saviola, 31 anos, que está livre após o término do contrato que o prendia ao Málaga e por isso não precisa chegar antes do fechamento da janela de transferências - que ocorre hoje no Brasil para jogadores vindos de fora.

SANCHES FILHO / SANTOS, ESPECIAL PARA O ESTADO, O Estado de S.Paulo

20 de julho de 2013 | 02h13

O empresário Juan Finger disse que Thiago Ribeiro só espera a ordem dos dirigentes do Cagliari e do Santos para embarcar de volta ao Brasil. Ele deve fazer os exames médicos no começo da semana, assinar contrato até julho de 2017 e começar a treinar imediatamente para entrar no time.

O empresário não confirmou que o Santos vai pagar R$ 10 milhões ao Cagliari. "É um pouco menos do que isso." Uma fonte ligada à diretoria revelou que o Santos vai pagar 3 milhões (R$ 8,8 milhões).

Se não conseguir fechar com Saviola, o Santos tem um plano B guardado em sigilo. "Estamos de olho num jogador com passagem pela seleção brasileira que virá se não conseguirmos trazer o Saviola", revelou ontem o técnico Claudinei Oliveira.

O volante Misael, de 19 anos e com passagem pelas seleções de base, rescindiu contrato com o Grêmio e deve assinar com o Santos. Ele já está treinando com o elenco.

Reforços no banco. Os laterais Cicinho e Mena foram titulares na segunda parte do coletivo de ontem à tarde, mas Galhardo e Léo começarão jogando amanhã contra o Coritiba.

O time será o mesmo da vitória sobre a Portuguesa na última rodada, a menos que aconteça algum problema de lesão no treino de hoje: Aranha; Galhardo, Edu Dracena, Durval e Léo; Alan Santos, Cícero, Leandrinho e Montillo; Neilton e Willian José.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.