Thorpe admite fracassar em tentativa de ir à Olimpíada

Vencedor de cinco medalhas de ouro olímpicas e um dos maiores nomes da história da natação, Ian Thorpe já admite a possibilidade de fracassar em sua tentativa de conquistar classificação para a Olimpíada de Londres, que será realizada entre 27 de julho e 12 de agosto.

AE-AP, Agência Estado

07 de março de 2012 | 10h50

O nadador australiano, que voltou a competir em provas oficiais depois de encerrar um período de cinco anos de aposentadoria, afirmou nesta quarta-feira que os seus resultados recentes indicam que ele tem grande chance de não fazer parte da equipe de natação do seu país nos Jogos Olímpicos. O atleta admite que talvez tenha demorado demais para retornar ao esporte que o consagrou.

"O resultado mais realista dessa situação é que eu provavelmente irei fracassar... Eu desejava poder ter mais seis meses para me preparar", afirmou Thorpe, de 29 anos, em entrevista para a rede de TV australiana Ten.

Antes de voltar às piscinas, em fevereiro de 2011, o australiano anunciou a sua aposentadoria em novembro de 2006, depois de conquistar 13 recordes mundiais e ganhar 11 medalhas de ouro em Mundiais. Os seus últimos resultados de expressão foram as medalhas de ouro nos 200 e 400 metros livre da Olimpíada de Atenas, em 2004.

Depois de voltar aos treinos visando como objetivo maior a disputa dos Jogos de Londres, Thorpe competiu pela primeira vez em novembro, quando não teve sucesso em eventos de piscina curta (de 25 metros) em Cingapura, Pequim e Tóquio. E o desempenho fraco se repetiu em provas em piscinas de tamanho olímpico (de 50 metros) na Austrália e na Europa nos últimos três meses.

E a nova dura realidade que enfrenta deixa Thorpe cético em relação às chances de ir aos Jogos de Londres, por meio da seletiva da Austrália que acontecerá a partir do próximo dia 15, em Adelaide. "Toda a expectativa e o desejo de me ver bem existe para mim de uma forma que não existe para outros atletas", disse o nadador.

Thorpe irá competir na seletiva das provas dos 100 e 200 metros livre, mas no momento tem maior esperança de se garantir nos Jogos de Londres como membro da equipe australiana do revezamento 4x200 metros. "Eu tenho de nadar bem. Eu tenho de nadar rápido e bem em todas as minhas provas", enfatizou.

Tudo o que sabemos sobre:
nataçãoIan ThorpeOlimpíada

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.