AO VIVO

Confira tudo sobre a Copa do Mundo da Rússia 24 horas por dia

Tiago Fantozzi volta a vencer e abre vantagem no rali

O piloto paulista Tiago Fantozzi voltou a vencer entre as motos, nesta sexta-feira, na segunda etapa do Rally Internacional dos Sertões. Ele completou o percurso de 551 quilômetros, sendo 255 quilômetros de trecho cronometrado, entre as cidades de Minaçu (Goiás) e Palmas (Tocantins), com o tempo de 3 horas, 25 minutos e 49 segundos. Com isso, abriu vantagem na liderança da prova. Assim como tinha acontecido na primeira etapa, o também paulista Jean Azevedo chegou em segundo lugar nesta sexta-feira, com o tempo de 3h27m40. Já o terceiro colocado foi o francês David Castou, que fez 3h29m08. Agora, na soma das duas etapas, Tiago Fantozzi lidera o maior rali da América Latina com 6h25m01. O segundo colocado é Jean Azevedo, 2m32 atrás dele. Em terceiro aparece o francês Cyril Despres, que teve problemas mecânicos e uma queda no meio do percurso desta sexta-feira, chegando na quarta posição. ?Estou me divertindo, curtindo cada etapa e muito tranqüilo. Não vou me preocupar com resultado agora, vou deixar para pensar nele no final da prova?, disse Tiago Fantozzi, após cruzar a linha de chegada sob o sol forte de Palmas - os termômetros registravam 36 graus. Sobre a etapa desta sexta-feira, que teve trechos bem sinuosos, erosões, cascalhos, lombadas e mata-burros, o líder disse que não pôde acelerar muito, porque ?estava deslizando bastante? e preferiu não arriscar. Líder do Mundial de Cross-Country, o francês David Castou mostrou surpresa com o forte nível do Rally dos Sertões. ?Não esperava que o nível da organização e da segurança fosse tão grande?, admitiu. Na categoria carros, Guilherme Spinelli e Marcelo Vivolo chegaram na frente nesta sexta-feira, ao completarem a prova em 3h11m22. Eles foram seguidos por Maurício Neves e Clécio Maestrelli, que fizeram 3h11m30. Próximo desafio Neste sábado, a caravana segue para a etapa mais longa e difícil do Rally dos Sertões. Os competidores não terão auxílio de mecânicos no trecho cronometrado de 457 quilômetros, com um percurso total de 661 quilômetros entre as cidades Palmas e Alto Parnaíba, já no Maranhão. ?A única diferença da etapa de amanhã das outras é que vou poupar o equipamento, sentir como estão os adversários e administrar bem a prova para chegar bem ao final da etapa. O tempo é o que menos importa?, avisou Jean Azevedo, com a experiência de 5 títulos do Rally dos Sertões.

Agencia Estado,

28 Julho 2006 | 18h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.