Tibetanos pedem boicote a Pequim

Ativistas tibetanos que protestavam contra a escolha de Pequim como sede dos Jogos Olímpicos de 2008, disseram que não se abalaram com o fracasso e farão uma campanha para conseguir um boicote internacional à competição. ?Nós temos mais oito anos para iniciar uma campanha de persuasão e conseguir que diversos países boicotem os Jogos. Esta será nossa missão não apenas em prol dos tibetanos, mas também em prol de todas as pessoas que acreditam em liberdade?, disse Choekyong Wangchuk, secretário-geral do Congresso Jovem Tibetano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.