Phelan M. Ebenhack/AP
Phelan M. Ebenhack/AP

Tiger Woods recupera liderança do ranking do golfe após quase três anos

Condição de número 1 do mundo foi garantida com título da etapa de Bay Hill (Flórida), do PGA Tour

AE, Agência Estado

25 de março de 2013 | 16h25

ORLANDO - O norte-americano Tiger Woods está de volta ao topo do ranking do golfe mundial após quase três anos. A retomada da condição de número 1 do mundo foi garantida com a conquista do título da etapa de Bay Hill, na Flórida, do PGA Tour, encerrada nesta segunda-feira. Ele tinha perdido a liderança da lista em 31 de outubro de 2010 e nunca mais a retomara.

Este foi o oitavo título da carreira de Woods em Bay Hill. E, com a nova conquista, o norte-americano suplantou Rory McIlroy, da Irlanda do Norte, na liderança no ranking mundial do golfe. Apesar do longo período de afastamento da condição de número 1 do mundo, ele continua sendo o golfista com mais tempo na liderança da lista - 623 semanas.

A perda da liderança do ranking mundial por Woods coincidiu com um período de alta instabilidade fora das competições. Entre 2009 e 2010, foram descobertos vários casos de infidelidade do astro norte-americano, que era casado com Elin Nordegren. Além disso, desde então, ele sofreu com várias lesões. Assim, Woods chegou a cair para a 50ª colocação no ranking.

Agora, porém, Woods parece estar de volta aos melhores momentos da sua carreira. Dias depois de confirmar que está namorando a esquiadora Lindsey Vonn, dona de uma medalha de ouro olímpica e dois títulos mundiais, ele conquistou o seu 77.º título de uma etapa do PGA Tour e reassumiu a condição de melhor golfista do mundo.

Tudo o que sabemos sobre:
golfeTiger Woods

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.