Timberwolves bate Blazers e mantém esperança do Nuggets por vaga nos playoffs

Em jogo que deveria ter acontecido no último dia 6 de março, mas foi adiado por causa de problemas da condensação da pista de gelo que fica abaixo da quadra do ginásio Target Center, também usado para partidas da NHL, a liga de hóquei dos Estados Unidos, o Minnesota Timberwolves venceu o Portland Trail Blazers por 110 a 109, nesta segunda-feira à noite, em confronto isolado da NBA.

Estadao Conteudo

04 de abril de 2017 | 09h46


Com o triunfo obtido em casa, o time de Minneapolis voltou a esquentar a briga pela última vaga nos playoffs da liga de basquete dos EUA na Conferência Oeste. Hoje o dono deste posto seria o próprio Blazers, que ocupa a oitava posição da conferência, agora com 39 derrotas e 38 vitórias.


Porém, ao cair diante do Timberwolves, a equipe do Oregon viu aumentar a esperança do Denver Nuggets, que vem pouco atrás na classificação, em nono lugar, com 36 vitórias e 40 derrotas. Na rodada desta terça, o Nuggets poderá reduzir essa vantagem em caso de triunfo sobre o New Orleans Pelicans, fora de casa. Também atuando como visitante nesta terça, o time de Portland encara o Utah Jazz.


Inicialmente, nenhum jogo estava previsto para acontecer nesta segunda-feira, já que na data foi realizada a tradicional final da NCAA, o basquete universitário dos EUA,que sempre ocorre em um dia sem partidas da NBA. Porém, o adiamento do último dia 6 de março acabou sendo propício para que o confronto fosse reagendado para esta segunda-feira.


E, ao ganhar por apenas um ponto do seu adversário nesta inesperada segunda-feira de duelo, o Timberwolves também encerrou uma série de seis triunfos seguidos do Blazers e passou a contabilizar 31 vitórias em 76 jogos na 12ª posição da Conferência Oeste.


Para desbancar o favoritismo do rival, a equipe da casa foi impulsionada principalmente por Karl-Anthony Towns, cestinha da partida, com 34 pontos, e que ainda garantiu um "double-double" ao apanhar 12 rebotes. Andrew Wiggins, por sua vez, foi outro destaque ofensivo do Timberwolves, com 29 pontos.


Para completar, o Timberwolves ainda contou com Ricky Rubio também somando dois dígitos em dois fundamentos ao marcar 11 pontos e distribuir 16 assistências.


Pelo lado do Blazers, Damian Lillard foi o maior pontuador, com 25, mas converteu apenas sete de 21 arremessos de quadra e somente três de 11 chutes da linha dos três pontos. O jogador, por sinal, teve em suas mãos a bola do jogo, mas errou no ataque final de sua equipe e acabou saindo de quadra derrotado.



Confira os jogos da rodada desta terça-feira na NBA:


Philadelphia 76ers x Brooklyn Nets

Washington Wizards x Charlotte Hornets

Cleveland Cavaliers x Orlando Magic

Indiana Pacers x Toronto Raptors

New Orleans Pelicans x Denver Nuggets

Oklahoma City Thunder x Milwaukee Bucks

New York Knicks x Chicago Bulls

San Antonio Spurs x Memphis Grizzlies

Utah Jazz x Portland Trail Blazers

Golden State Warriors x Minnesota Timberwolves

Sacramento Kings x Dallas Mavericks

Tudo o que sabemos sobre:
basquete

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.