Time da MLB busca cumprir previsão de 'De Volta para o Futuro 2'

Chicago Cubs não é campeão há 108 anos, maior seca dos EUA

O Estado de S. Paulo

08 de outubro de 2015 | 17h10

Uma das profecias esportivas mais famosas feita por filmes de Hollywood pode se concretizar no beisebol neste ano. Em 1989, o filme "De volta para o futuro 2" cravou que o Chicago Cubs finalmente seria campeão da World Series (Série Mundial) deste ano, acabando com uma seca de títulos de 108 anos, a maior dos esportes norte-americanos. 

Nesta quarta-feira, o time do lado norte de Chicago manteve viva a profecia, ao vencer o Pittsburgh Pirates por 4 a 0, fora de casa, e se garantir na Série de Divisão, contra o St. Louis Cardinals. 

Na aventura de Marty McFly e Dr. Brown, a decisão da World Series seria contra um suposto time de Miami, que não existia na época que o filme foi lançado, no final da década de 80. Atualmente, há o Miami Marlins, franquia na qual joga o brasileiro André Rienzo, mas eles não chegaram aos playoffs. 

O grande nome da classificação dos Cubs foi o arremessador titular Jake Arrieta, que anulou o ataque dos Pirates e ficou no montinho por todas as nove entradas. No ataque, Dexter Fowler e Kyle Schwarber conseguiram home runs, rebatidas para fora do campo de jogo que garantem uma corrida. No caso deste último, a bolinha viajou 449.8 pés (197 metros) a uma velocidade 178 km/h e aterrissou somente fora do estádio PNC Park, no Rio Allegheny. 

Além de dominar os rebatedores rivais, Jake Arrieta foi protagonista em um princípio de briga na sétima entrada. Na sua vez de rebater, ele foi atingido intencionalmente por Tony Watson, em represália aos dois companheiros que sofreram boladas por Arrieta. Jogadores e técnicos deixaram os bancos e começaram um empurra-empurra, mas que não rendeu em nenhuma cena de violência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.