Time reconhece superioridade rival e mostra frustração

Faltou organização para fazer frente ao Internacional, admitiram os jogadores são-paulinos. A equipe foi amplamente dominada durante a partida de ontem e reconheceu a superioridade dos adversários. Sobrou desânimo no vestiário tricolor, que volta a beirar a crise. "É uma situação triste para os jogadores e a torcida", lamentou Cléber Santana. "Deixamos a desejar. O Inter foi muito superior. Não fizemos uma boa partida."

Giuliander Carpes, O Estado de S.Paulo

17 de setembro de 2010 | 00h00

O São Paulo mantém o discurso de ambicionar uma vaga na Taça Libertadores de 2011, mas tem campanha apenas de time que busca vaga na Sul-Americana. A equipe não conseguiu superar nenhum dos seis primeiros colocados nas últimas rodadas da competição - recentemente, perdeu para Corinthians (3 a 0) e Botafogo (2 a 0), além de Inter, ontem, e empatou com Fluminense e Cruzeiro (2 a 2).

O "choque de realidade" deve fazer Sérgio Baresi alterar a equipe para o clássico contra o Palmeiras, domingo, no Pacaembu. Alex Silva deve voltar à equipe e Ilsinho pode virar titular.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.