Tiro terá 25 atletas em Santo Domingo

Responsável pela primeira medalha olímpica do Brasil, em 1920, na Antuérpia, o tiro esportivo terá 25 atletas no Pan (17 homens e 8 mulheres), em 11 modalidades. Destaque para o único medalhista de Winnipeg, em 1999, Luiz Carlos da Graça, bronze na fossa dublê.A delegação brasileira é eclética. Os atletas trabalham e treinam: há ginecologista, publicitária, arquiteto, advogada... Renata Castro, de 42 anos, bicampeã brasileira de pistola de ar (96 e 98) trabalha na Polícia Militar. Começou no esporte em 94 e vai ao seu segundo Pan. Em 99, não foi bem. Conta que na época não teve dinheiro para fazer novas lentes de contato quando sua hipermetropia e astigmatismo haviam aumentado 0,25 graus. ?Foi um dos meus problemas.? O tiro do Brasil tem 15 medalhas em Pans.Leia mais no Estadão

Agencia Estado,

21 de julho de 2003 | 09h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.