Dimitri Messinis/AP
Dimitri Messinis/AP

Tocha dos Jogos de Inverno de 2014 é acesa na Grécia

Olimpíadas deste ano vão acontecer em Sochi, na Rússia

AE-AP, Agência Estado

29 de setembro de 2013 | 16h25

OLÍMPIA - Aproveitando os raios do sol, foi acendida neste domingo a chama olímpica que iluminará os Jogos de Inverno de 2014 na cidade russa de Sochi. A cerimônia de acendimento foi realizada sem problemas em Olímpia, no sul da Grécia, onde iniciará seu revezamento, que terá inclusive uma incursão espacial antes de chegar ao local da Olimpíada, que será disputada entre 7 e 23 de fevereiro do próximo ano.

Durante a cerimônia, 21 atrizes trajando vestes das antigas sacerdotisas participaram do acendimento da chama por meio de um espelho parabólico. A atriz Ino Menegaki invocou o deus Apolo antes de a tocha ser entregue ao esquiador grego Ioannis Antoniou, de 18 anos.

O novo presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, participou da cerimônia de 20 minutos. "Os Jogos Olímpicos deveriam inspirar o mundo e, especialmente, às autoridades políticas, demonstrando que as disputas e os conflitos podem ser tratados através de meios pacíficos", disse Bach. "Eu acho que vai ter um efeito muito positivo na Rússia. Mostrar uma nova Rússia para o mundo e também abrir a sociedade civil".

A parte russa do revezamento da tocha olímpica irá abranger 65 mil quilômetros antes dos Jogos. A viagem espacial da tocha está marcada parta o dia 7 de novembro. Os organizadores de Sochi prometeram que a rota não estará a mais de uma hora de viagem de 90% da população russa. A perna grega cobrirá cerca de 2 mil quilômetros até o dia 7 de outubro.

"Não há maior privilégio do que estar aqui no lar espiritual do movimento olímpico", disse Dmitry Chernyshenko, diretor do Comitê Organizador da Olimpíada de Inverno de Sochi. "Este é o começo de uma jornada épica da tocha olímpica, uma viagem que mudará a Rússia para sempre".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.