Todos apostam em Ronaldo diante do clube do coração

Corintianos são unânimes em dizer que Fenômeno espantará a má fase contra o Flamengo. Eleainda não brilhou no Rio

, O Estado de S.Paulo

24 de abril de 2010 | 00h00

Ronaldo sempre jurou amor ao Flamengo. Chegou a se recuperar na Gávea em 2008 e ano passado declarou sua torcida para que o time conquistasse o Brasileiro. Mas ao acertar com o Corinthians, o Fenômeno virou persona non grata para os rubro-negros. Na quarta-feira ele vai encarar a fúria dos torcedores rivais como principal arma corintiana para abrir vantagem no confronto das oitavas da Libertadores.

O camisa 9 corintiano vem fazendo um treino intensivo desde o início da semana para recuperar o bom futebol apresentado em 2009 agora. Decisivo no Paulista e na Copa do Brasil na temporada passada, o Corinthians espera que a tática se repita agora. "Precisamos muito do Ronaldo e espero que sua má fase acabe na quarta-feira. E estou confiante", afirma o técnico Mano Menezes, que preservou o jogador diante do Independiente, quinta-feira, no Pacaembu.

"Com certeza eu apostaria 100% no Ronaldo. Está do meu lado. Sabemos da qualidade do Adriano, mas vamos fazer de tudo para que o Ronaldo faça bons jogos e gols", endossa o meia Danilo. "A qualidade dos dois é indiscutível. Eu não queria ser zagueiro nessas horas, por que se você cochilar eles fazem gol."

Será o terceiro jogo de Ronaldo com a camisa corintiana no Rio. Nos outros dois, decepcionou. Diante do Botafogo, pelo Brasileiro, perdeu dois gols incríveis na cara do goleiro e o jogo terminou 0 a 0. Contra o Fluminense, pelas quartas da Copa do Brasil, viu Jorge Henrique e Dentinho brilharem num 2 a 2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.