Kirby Lee/USA Today Sports
Kirby Lee/USA Today Sports

Tom Brady encara rival 17 anos mais novo em jogo decisivo da NFL

Aos 41 anos, quarterback do New England Patriots terá pela frente Jared Goff, 24, do Los Angeles Rams

Gabriel Melloni e Renan Fernandes, O Estado de S.Paulo

03 de fevereiro de 2019 | 07h06

Desde que a parceria entre o quarterback Tom Brady (41 anos) e o técnico Bill Belichick (66 anos) começou na NFL, no longínquo ano de 2000, o New England Patriots é presença quase certa na disputa do Super Bowl. Com esta edição, são nove participações e, até agora, cinco títulos conquistados.

Com o passar do tempo, o atleta, que tem a função de comandar todas as jogadas ofensivas de seu time, e seu treinador tiveram de ir se adaptando aos mais diferentes estilos de adversários na luta pela taça. Contra o Los Angeles Rams, o duelo será de gerações.

Para enfrentar a maior parceria da história da liga, os Rams apostam no quarterback Jared Goff (24 anos) e no técnico Sean McVay, de apenas 33 anos.

Para se ter ideia da diferença de idade e experiência em campo, Tom Brady, conhecido no Brasil por ser marido da modelo Gisele Bündchen, é o atleta de sua posição mais velho em uma decisão e já havia conquistado seu primeiro título (em 2002) quando o comandante rival, aclamado pela crítica norte-americana por causa de seu estilo ofensivo e de jogadas dinâmicas, se formou no Ensino Médio, em 2004. Já a diferença de 17 anos que separa Brady e Goff é a maior já registrada na história da final da liga americana.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.