Toninho Cecílio deixa o Mogi Migim após terceira derrota seguida

Toninho Cecílio não é mais técnico do Mogi Mirim no Campeonato Paulista. O treinador deixou o clube após a derrota por 2 a 0 para o Botafogo em Ribeirão Preto, no estádio Santa Cruz, sábado, pela oitava rodada. O resultado manteve o time na lanterna do Grupo D, com apenas sete pontos, e derrubou o clube para a 18.ª colocação na classificação geral, ainda na zona de rebaixamento.

Agência Estado, Estadão Conteúdo

06 de março de 2016 | 19h59

Antes do revés fora de casa, o Mogi havia perdido para o Santos por 4 a 1 e para o São Paulo por 2 a 0. Na sequência, venceu apenas o Capivariano, em Capivari, por 2 a 1. Por circunstâncias, fez quatro jogos seguidos fora de casa, o que não vai acontecer com nenhum concorrente.

Em oito jogos sob o comando de Toninho Cecílio, o elenco conquistou 29,2% dos pontos, com duas vitórias, cinco derrotas e um empate. Ele chegou ao clube faltando poucas rodadas para o encerramento da Série B do Campeonato Brasileiro em 2015 e não evitou o rebaixamento da equipe para a Série C.

Já neste ano, todos os atletas que compõem o elenco do Mogi tiveram a indicação de Toninho Cecílio e aprovação da diretoria. O anúncio do substituto deve acontecer já nesta segunda-feira. O time volta a campo no próximo domingo, às 18h30, contra o Oeste, no estádio Vail Chaves, em Mogi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.