Divulgação/Site Tony Hawk
Divulgação/Site Tony Hawk

Tony Hawk é referência no skate também no mundo dos games

Nos últimos 20 anos, astro do esporte já lançou diversos jogos para videogame e celular

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

10 de março de 2019 | 04h39

Ao falar de Tony Hawk é impossível não associá-lo aos jogos de videogame que levam seu nome. Nos últimos 20 anos, muita gente passou horas na frente das telas de TV fazendo manobras radicais usando o astro do skate como personagem. Se tornar um ídolo também no mundo virtual foi a realização de um sonho para o skatista.

De 1999, data do primeiro jogo, até hoje, foram 12 versões diferentes do game lançadas para vários consoles, sendo a última exibida em dezembro do ano passado, só para celular. No geral, o jogo consiste em fazer manobras em pistas; quanto mais difícil a ação, mais pontos o jogador ganha. 

Os jogos lançados tiveram todos os nomes do atleta e um complemento: Pro Skater (quatro versões), Underground (duas versões), American Wasteland, Project 8, Proving Ground, Ride, Shred e Skate Jam. Além de games exclusivos para consoles específicos. “Sempre joguei e quando me sugeriram fazer o game aceitei na hora. Foi algo fantástico.” 

Hawk participou da produção de todos eles e deixou os jogos “com a sua cara”. A trilha sonora, um dos pontos fortes dos jogos, foi escolhida pelo skatista e contém músicas, dentre outras, de Red Hot Chili Peppers, System of a Down e Foo Fighters, suas bandas favoritas. 

“Fiz questão de participar de tudo. Ajudei a escolher as músicas, cenário e tudo mais”, contou o skatista norte-americano, que elegeu o segundo game como o mais importante. “Foi o que fez a série mudar de patamar e serviu como base para os outros”, explicou. 

Além de Hawk, os jogos também trazem outros grandes skatistas da realidade. O brasileiro Bob Burnquist foi quem mais apareceu, ficando fora apenas de um dos games. 

Como o jogo conta com muitas coisas que Hawk gosta, algumas peculiaridades chamam a atenção. No Tony Hawk’s American Wasteland, um dos personagens secretos do game é Billie Joe Armstrong, vocalista da banda punk rock Green Day.

No Tony Hawk’s Pro Skater 2, o preferido do atleta, o personagem secreto foi Homem-Aranha, que faz manobras diferenciadas usando teias de aranha. Na versão do game Underground, a personagem feminina tinha o nome de Sheena, que era uma referência a música Sheena is a Punk Rocker, da banda Ramones. 

 

Mais conteúdo sobre:
Tony Hawkskatevideogame

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.