Arquivo/AE
Arquivo/AE

Tony Kanaan garante que ficará na Indy em 2011

Brasileiro pode ir para a equipe De Ferran/Dragon como alternativa para seu futuro nas pistas

MILTON PAZZI JR., Agência Estado

26 de novembro de 2010 | 15h10

No final de outubro, o piloto brasileiro Tony Kanaan deixou a equipe Andretti, na qual disputou oito temporadas na Fórmula Indy. Desde então, ele vem procurando uma alternativa para seu futuro nas pistas. E nesta sexta-feira, mesmo com o destino ainda indefinido, ele tratou de avisar que continuará na categoria em 2011.

Com a saída da Andretti, por causa da perda do seu patrocinador principal, Tony Kanaan chegou a cogitar a possibilidade de trocar de categoria - pensou em correr de pick up, na divisão de acesso da Nascar. Mas ele garantiu nesta sexta-feira que ficará na Indy. "Vou correr na Indy no ano que vem", afirmou o piloto.

Campeão da Indy em 2004, Tony Kanaan contou ter recebido convite de três equipes para a próxima temporada da categoria. Um deles é da De Ferran/Dragon, que é comandada pelo ex-piloto brasileiro Gil de Ferran. O outro é da Newman/Haas. E o terceiro não foi revelado. "Agora, tenho dois meses para decidir", disse.

Aos 35 anos, Tony Kannan admitiu que a possibilidade de trabalhar na equipe De Ferran/Dragon tem vários atrativos. "Tem o Gil (Gil de Ferran), que é meu amigo, e o Rapha (o piloto brasileiro Raphael Matos, já confirmado para 2011), que eu conheço bem. E tem um trabalho muito legal de desenvolvimento do carro", revelou.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula IndyTony Kanaan

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.