Tony Kanaan se vê atrás das equipes grandes da Fórmula Indy

Piloto brasileiro sofre virose, poucos dias antes da realização da corrida de São Paulo

LEANDRO SILVEIRA, Agência Estado

29 de abril de 2011 | 13h31

SÃO PAULO - Tony Kanaan está em terceiro lugar na classificação geral e ocupa a melhor posição entre os brasileiros após a realização de três etapas da temporada da Fórmula Indy, mas tem passado por dificuldades nas últimas semanas. Depois de lutar para conseguir uma equipe para competir na categoria, o piloto da KV sofre com uma virose, poucos dias antes da realização da corrida de São Paulo, marcada para domingo no circuito de rua do Anhembi.

"Tomei um susto, não conseguia sair da cama. Peguei uma virose, tinha febre, dor no corpo. Passei uma noite no hospital, fiz alguns exames e todos deram negativos, inclusive para dengue. Ainda estou um pouco baqueado, mas estou de pé", afirmou Kanaan, pronto para a prova de domingo.

O brasileiro surpreendeu ao terminar em terceiro lugar a prova de São Petersburgo, nos Estados Unidos, que abriu a temporada 2011 da Indy. Depois, ficou na sexta colocação na corrida do Alabama e na oitava posição em Long Beach. Por isso, Kanaan não esconde a alegria ao comentar o seu início de campeonato.

"Não tenho do que reclamar por enquanto. Depois de um fim de ano extremamente trabalhoso e sofrido, assinar um contrato a seis dias do início do campeonato, fazer um pódio e terminar as outras duas provas entre os dez primeiros é excelente. Ainda nem tive tempo de visitar a sede da equipe", disse Kanaan.

Apesar do otimismo, o brasileiro ressalta que a KV não está no mesmo nível das principais escuderias da Indy. "Foi um começo de temporada bom, extremamente competitivo, e é importantíssimo começar bem. Sou realista e temos que trabalhar muito para alcançarmos os carros da Penske, da Ganassi, da Andretti. Tenho que acumular o máximo de pontos que puder. Construímos uma equipe de última hora", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.