Toques mágicos de Ronaldinho, por enquanto, só no samba

Jogador participou do ensaio técnico da escola Grande Rio após partida contra o Botafogo

Sílvio Barsetti, O Estado de S.Paulo

22 de fevereiro de 2011 | 00h00

Fora de campo, Ronaldinho Gaúcho continua empolgando. Na noite de domingo, logo depois de o Flamengo superar o Botafogo e conseguir a classificação para a final da Taça Guanabara, o jogador foi para o sambódromo do Rio participar do ensaio técnico da Grande Rio, escola afetada recentemente por um incêndio na Cidade do Samba.

Com desenvoltura e muita ginga, Ronaldinho arrancou aplausos dos foliões, enquanto era cercado por vários seguranças. Com um tamborim e em companhia da atriz Suzana Vieira, Ronaldinho foi a atração da noite.

Pouco antes, no entanto, teve mais uma atuação discreta no clássico disputado no Engenhão. Desde que chegou ao Flamengo, Ronaldinho não mostrou nem de longe o futebol técnico e vistoso com o qual se consagrou. Tem-se esforçado nas disputas de bola e já tentou um ou outro malabarismo. Nada que lembre o campeão do mundo de 2002, no Japão.

Já entre sambistas, Ronaldinho é um sucesso. Em menos de um mês, já esteve numa roda com Monarco da Portela e em outra, no Candongueiro, uma casa de show em Niterói, onde se encontrou com Nelson Sargento e tocou tantan. Nas duas vezes, sambou com extrema leveza. Nesta terça-feira, volta a treinar.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoRonaldinho Gaúcho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.