Torben e Scheidt terminam em terceiro no Mundial de vela

'Ir ao pódio acabou sendo uma boa colocação', admite Scheidt, que teve problemas no leme durante a semana

AE, Agência Estado

12 de setembro de 2009 | 13h40

O veleiro italiano Luna Rossa, que teve os brasileiros Robert Scheidt e Torben Grael como tripulantes, terminou em terceiro lugar no Mundial da classe Máxi, encerrado neste sábado, em Porto Cervo, na Itália. O título da competição ficou com o barco britânico Ran, enquanto o neozelandês Alfa Romeo conseguiu a segunda colocação.

Com Scheidt como timoneiro e Torben como tático, o Luna Rossa conseguiu um quinto lugar na sétima e última regata da competição, neste sábado, mantendo a sua terceira colocação na classificação geral. Enquanto isso, o veleiro Ran foi o vitorioso do dia, confirmando a conquista do título na classe Máxi.

"Tentamos fazer o melhor possível, mas infelizmente tivemos um dia muito ruim, que foi a quarta-feira, quando tivemos um problema no leme e terminamos duas regatas em oitavo lugar. Descartamos um desses resultados, mas ficou difícil brigar pelo primeiro ou segundo lugares", disse Scheidt. "Ir ao pódio acabou sendo uma boa colocação."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.