Torben Grael lidera a Match Race Brasil

Vários dos velejadores brasileiros que chegaram a medalhas olímpicas e mundiais iniciaram nesta sexta-feira a terceira e última etapa da Match Race Brasil - competição onde correm barcos dois a dois, divididos em chaves -, na Baía da Guanabara, no Rio de Janeiro. Torben Grael e Alan Adler, líder e vice-líder, já saíram à frente, vencendo as três regatas disputadas, com vento fraco. Neste sábado, as oito tripulações voltam ao mar, para a disputa na raia montada próxima ao Iate Clube do Rio de Janeiro, para mais 12 regatas, a partir das 11h30. A competição termina no domingo.Líder da competição com 20 pontos ganhos, Torben - que, aos 43 anos, tem seis títulos mundiais e quatro medalhas olímpicas - comentou: "Com exceção da disputa com João Signorini, quando saímos atrás, fizemos boas largadas e conseguimos abrir boa vantagem logo no início. Com isso, velejamos sem pressão e isso é muito bom.?Alan Adler, vice-líder com 14 pontos, elogiou o trabalho da equipe. Aos 39 anos, foi campeão mundial da classe Star, em 1989, e prata na J24 do Pan de São Domingos, em julho. "O Torben tem uma grande vantagem na classificação geral. É o favorito para o título, mas vamos lutar até o fim."A fase decisiva da competição é no domingo, em uma série de melhor-de-três regatas. Os dois primeiros colocados de cada chave disputam as semifinais e os vencedores fazem a final. As regatas são curtas, com cerca de 5 quilômetros de percurso, e demoram em torno de 25 minutos, dependendo do vento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.