Torcedores são suspensos por racismo contra Campbell

Quatro torcedores do Tottenham foram proibidos de frequentar estádios na Inglaterra pelos próximos três anos por causa de ofensas racistas feitas ao zagueiro Sol Campbell, do Portsmouth, num jogo entre as duas equipes, em setembro.Revelado pelo Tottenham, Campbell está na mira dos torcedores do clube desde 2001, quando saiu para defender o rival Arsenal - que deixou em 2006 para defender o Portsmouth. De lá para cá, vinha sendo vítima de cantos e ofensas racistas em vários jogos, até que, no duelo de setembro, a polícia conseguiu identificar os torcedores racistas durante a vitória do Portsmouth por 2 a 0."Havia famílias presentes, muitas crianças, e ouvimos de testemunhas próximas que o comportamento dessas pessoas foi constrangedor e lamentável", afirmou a juíza Susan Waddle em sua sentença - que incluiu ainda uma multa de 490 libras para cada um (cerca de R$ 1,6 mil), incluídos os custos judiciais. "São membros de nossa sociedade, mas agiram como animais."A juíza não aceitou a justificativa dada pela defesa, de que se tratava de uma reação do momento da partida, e que o próprio atleta não havia nem sequer ouvido as ofensas. "Estava tudo ensaiado, em sincronia, todos sabiam o que dize. Não interessa se o sr. Campbell se ofendeu ou não, as testemunhas próximas se ofenderam, assim como o tribunal."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.