Daniel Ramalho/Divulgação
Daniel Ramalho/Divulgação

Torcida é arma de Rafaela Silva no Mundial de Judô

Jovem brasileira de 21 anos já participou de três edições da competição

AE, Agência Estado

24 de agosto de 2013 | 15h17

RIO - Uma das caçulas da seleção brasileira, com apenas 21 anos, Rafaela Silva já tem bastante experiência em Mundial de Judô, competição que disputa desde os 17 anos - foram três edições até agora. A partir desta segunda-feira, quando começa o Mundial do Rio, a judoca carioca conta com a força da torcida para conseguir um inédito título.

Rafaela Silva chegou muito perto do título mundial na edição passada da competição, há dois anos, em Paris, quando conquistou a medalha de prata na categoria até 57kg. Agora, espera subir o último degrau do pódio. E entra como uma das favoritas, por ocupar atualmente o quarto lugar no ranking e, principalmente, por estar lutando em casa.

"Lutar o Mundial em casa, na minha cidade, com a torcida gritando, a família incentivando, você tira uma força que não é sua para buscar uma vitória e o pódio", admitiu Rafaela Silva, que, mesmo com apenas 21 anos, já é bastante experiente, com três edições do Mundial de Judô no currículo. "Eu me sinto bem tranquila, a idade não pesa mais."

Tudo o que sabemos sobre:
Rio 2016judôRafaela Silva

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.