Torcida pede eleição direta no Palmeiras

Cerca de 200 torcedores do Palmeiras protestaram ontem pela manhã em frente ao Palestra Itália para reivindicar uma mudança no sistema eleitoral no clube. Com várias faixas pedindo "Diretas já", eles reclamaram do formato do sistema que define o presidente do clube, no qual apenas 300 conselheiros eleitos pelos sócios têm direito de escolher o mandatário.

O Estado de S.Paulo

11 de dezembro de 2011 | 03h02

Sem a presença das torcidas uniformizadas, a manifestação, convocada e organizada pelos setores de oposição do clube, criticou também o projeto de criação de um Comitê Gestor, que consiste em tirar poder do presidente e dar para um grupo de conselheiros eleitos. A proposta partiu do ex-presidente Mustafá Contursi, que foi alvo de gritos e xingamentos dos torcedores no protesto. Os manifestantes também usaram apitos e rojões para chamar a atenção.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.