Torri Edwards não vai correr em Atenas

O Comitê de Apelação do Comitê Olímpico Internacional recusou nesta terça-feira o recurso da velocista americana Torri Edwards, cujo exame antidoping a que ela submeteu em abril, num meeting na Martinica, deu positivo para a substância nicetamida. Com isso, Torri não poderá disputar o torneio de atletismo dos Jogos de Atenas.A atleta, campeã mundial dos 100m rasos, argumenta que ingeriu pílulas de glicose receitadas pelo seu fisioterapeuta. Sua vaga nos 100m rasos pode ser ocupada pela atual campeã olímpica, Marion Jone, que não obteve classificação para a distância nas classificatórias americanas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.