Toyota tenta tirar Alonso da McLaren

Japoneses oferecem US$ 70 milhões por três anos ao atual bicampeão

O Estadao de S.Paulo

04 de outubro de 2007 | 00h00

Com o campeonato praticamente decidido em favor de Lewis Hamilton, o esporte preferido hoje na Fórmula 1 é especular sobre o futuro de Fernando Alonso. Ontem, o jornal espanhol Mundo Deportivo revelou que a Toyota teria oferecido US$ 70 milhões (cerca de R$ 135 milhões) por um contrato de três anos ao piloto espanhol.A equipe japonesa, que ocupa o sexto lugar no mundial de construtores, também estaria disposta a pagar a multa rescisória de Alonso para a McLaren. Além de buscar um sucessor para Ralf Schumacher, que não correrá em 2008, a Toyota procura se redimir dos fracassos recentes. A intenção seria de reformular toda a equipe.Nos últimos dias, as especulações já colocaram o atual bicampeão do mundo na Renault e na Ferrari. O futuro de Alonso tornou-se um dos assuntos preferidos no circo depois que sua desavença com Ron Dennis, o chefão da McLaren, veio a público.Lewis Hamilton, que lidera o campeonato com 107 pontos (12 a mais do que Alonso), já declarou que não gostaria de ter o espanhol como companheiro de equipe em 2008.Fernando Alonso já deixou claro que dinheiro não é problema. O piloto asturiano afirmou que pode mudar de equipe, desde que seja para correr em um carro vencedor. Por enquanto, é tudo o que a equipe Toyota não tem a oferecer.Enquanto não define seu futuro, Alonso tenta manter a confiança. ''''Faltam 20 pontos para disputar e vou lutar por cada um deles'''', disse ontem, em Xangai, onde domingo ocorre o Grande Prêmio da China.PREVISÃO DE CHUVAA prova chinesa pode ser uma repetição da corrida do Japão, pelo menos no que se refere ao clima. A previsão dos meteorologistas aponta para 60% de chances de chover no domingo.Ainda segundo as previsões do tempo, haverá sol na sexta-feira - com temperatura média de 27º C. As chances de chuva são de apenas 20%. Para os dias seguintes, porém, a possibilidade de chover aumenta para 60%. E a previsão de temperatura aponta para 28º C em médiaNa corrida passada, em Fuji, Lewis Hamilton venceu sob intenso aguaceiro. Fernando Alonso não conseguiu completar a prova.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.