Traffic quer reembolso de R$ 11 mi

Dívida é referente a ajudas financeiras dadas ao Palmeiras que não constavam no acordo

Paulo Galdieri, O Estado de S.Paulo

17 de dezembro de 2010 | 00h00

A parceria que dois anos atrás foi celebrada por Palmeiras e Traffic como um novo modelo de negócios no futebol brasileiro vai mal. Repleto de dívidas, mas com a obrigação de reforçar o time para 2011, o Palmeiras não conta com a empresa especializada em marketing esportivo para ajudá-lo. E a Traffic resolveu cobrar de volta boa parte do que gastou com o clube: R$ 11 milhões.

Veja também:

linkKleber reafirma ligação com Palmeiras e diz que fica

A dívida é referente a ajudas financeiras dadas ao clube que não constavam no acordo, que prevê a contratação de atletas jovens, com potencial para serem vendidos ao exterior e darem lucro. A maior fatia desse valor remete à permanência de Pierre, que teve proposta para sair em 2009, e aos salários do técnico Vanderlei Luxemburgo.

Bom sinal. Em entrevista ao site espanhol Mundo Deportivo, o irmão e empresário de Ronaldinho Gaúcho, Assis, deu esperança ao torcedor palmeirense. "A oferta do Palmeiras é interessante e o Ronaldo quer voltar para o Brasil", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasTraffic

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.