Rafael Arbex|Estadão
Rafael Arbex|Estadão

Tranquilidade é trunfo de Zanetti para Olimpíada do Rio

Ginasta conquista em SP a medalha de ouro em etapa da Copa do Mundo

Nathalia Garcia, O Estado de S. Paulo

22 de maio de 2016 | 15h44

Ouro nas argolas na etapa de São Paulo da Copa do Mundo de Ginástica Artística, Arthur Zanetti se disse "tranquilo demais" neste domingo, no Ginásio do Ibirapuera. A 75 dias para a Olimpíada do Rio, esse é o trunfo do ginasta em relação aos Jogos de Londres, quando tornou-se campeão olímpico.

Para o ginasta, a experiência trouxe essa frieza para os momentos decisivos. "Já tinha uma tranquilidade, mas agora a carga de treino e de competição me deixa mais tranquilo. Provavelmente eu estaria um pouco mais ansioso, agora aqui estou tranquilo demais", afirmou.

Já o técnico Marcos Goto vive a situação contrária. A pressão aumenta à medida que a expectativa de medalha sobre Arthur Zanetti cresce. "A responsabilidade que eu tenho hoje é muito maior. Em Londres, ninguém vinha me cobrar, ninguém nem conhecia o Arthur, hoje há cobrança."

Em São Paulo, Zanetti conquistou a medalha dourada com a nota 15,800 na final. A pontuação ficou dentro da média que o ginasta tem alcançado nas últimas competições. "Sabemos que, se fizer essa média, pega uma final (na Olimpíada). Manter uma regularidade é essencial para o atleta", disse Zanetti.

Os níveis de execução e dificuldade já são tão altos, que apenas detalhes podem melhorar a sua nota. "Dá para ajustar na parte de encaixe de ombro, parada de mãos, balanço das argolas, chegada. São esses detalhes que a gente está batalhando bastante para os árbitros não descontarem", explicou. Apesar de ainda não ter sido divulgado oficialmente, o ginasta é nome certo na equipe olímpica.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.