Transmissão da Fox Sports só chega a público restrito

A empresa anuncia em seu site que vai transmitir 10 jogos e até agora não fechou acordo com as grandes operadoras

AMANDA ROMANELLI, O Estado de S.Paulo

08 de fevereiro de 2012 | 03h04

A primeira fase da Taça Libertadores da América começou ontem, com o duelo entre o brasileiro Fluminense e o Arsenal, da Argentina. Mas quase ninguém viu. O canal Fox Sports, que detém os direitos de transmissão do torneio para os canais fechados e entrou no ar no último domingo, ainda não selou acordo com as principais operadoras de canal a cabo do País. A Globo continuará passando as partidas na TV aberta, às quartas-feiras.

A situação é sui generes. A Fox Sports anuncia, em seu site oficial (www.foxsports.com.br), que transmitirá dez jogos da primeira rodada da Libertadores - nove ao vivo, incluindo os jogos do Vasco (hoje, contra o Nacional, do Uruguai) e Internacional (amanhã, diante do Juan Aurich, do Peru). Mas não diz onde.

De acordo com a assessoria de imprensa do canal, a posição oficial da empresa é de que a Fox Sports está em negociação com as operadoras. Não informa, porém, com quais assinou contrato e com quais ainda busca acerto.

Via Embratel, Oi TV e TVA, apontadas como as principais operadoras a terem acertado a integração do Fox Sports à sua grade, não confirmaram a informação e afirmam que ainda negociam. Net e Sky, que reúnem 70% dos assinantes brasileiros, também dizem negociar.

Apesar do impasse, a Fox Sports informou que não utilizará os outros dois canais da rede Fox - o FX e o Speed -, que já estão em boa parte dos pacotes de assinatura, para transmitir os jogos do torneio continental. A estratégia foi utilizada durante a Pré-Libertadores. Naquele momento, porém, o canal esportivo não havia sido oficialmente lançado.

Pequenas. Por enquanto, a Fox Sports é transmitida apenas por operadoras mais modestas, como a Nossa TV (via satélite, no Rio, canal 36), TVN (a cabo, no Maranhão, canal 88, e no Rio Grande do Sul, 98) e Cabo Telecom (a cabo, no Rio Grande do Norte, nos canais 74 e 205). De acordo com a Neo TV, associação que reúne pequenos e médios operadores, seus afiliados distribuirão o canal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.