Treinador perdoa erros de passe e defende Ganso

Mano Menezes saiu em defesa de Paulo Henrique Ganso. O técnico da seleção brasileira se diz satisfeito com o meia, embora admita que espera mais do jogador ainda na Copa América.

Sílvio Barsetti e Paulo Galdieri, O Estado de S.Paulo

15 de julho de 2011 | 00h00

Para Mano, Ganso só não se destacou tanto quanto Pato e Neymar contra o Equador por força de sua função em campo.

Ele admite que o meia do Santos tem errado muitos passes. "O Ganso faz passes diferenciados, que colocam o jogador na cara do gol. É o passe decisivo. Não dá para fazer isso a toda hora, mas ele tem conseguido."

De acordo com Mano, Ganso tem conversado com ele sobre seus erros. "Ele sabe que pode render mais, mas, mesmo assim, tem sido importante na hora primordial do jogo.""

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.