Treinador por acaso, sucesso repentino

O boxeador Jéfferson Loyola, 23 anos, transformou sua maior frustração em uma nova perspectiva para a carreira. Com vaga assegurada na seleção brasileira para disputar os Jogos Pan-Americanos de São Domingos, na República Dominicana, foi obrigado a passar por uma cirurgia no nariz, no início do ano, que o afastou do sonho de conquistar a medalha de ouro. Foram sete meses sem poder subir aos ringues.Leia mais no O Estado de S. Paulo

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.