Treinadora japonesa Yuko Nakano começa a trabalhar no judô brasileiro

Seu primeiro contato com os atletas será de 13 a 17 de maio, durante treinos no Rio

AE, Agência Estado

30 de abril de 2013 | 15h48

RIO - Contratada pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB), como parte do planejamento da Confederação Brasileira de Judô (CBJ), a treinadora japonesa Yuko Nakano desembarca nesta quarta-feira no Brasil para integrar a comissão técnica da seleção e começar a trabalhar na preparação dos judocas brasileiros.

"Me sinto muito honrada por ter recebido este convite para treinar o Brasil. Estou muito animada para compartilhar cada segundo com os atletas e equipes, até atingirmos um grande sucesso na Olimpíada do Rio em 2016", afirmou Yuko Nakano, que, quando ainda era judoca, chegou a integrar a seleção júnior do Japão.

Com salários pagos pelo COB, Yuko Nakano entra para o grupo de 31 treinadores estrangeiros, de 19 nacionalidades, que trabalham atualmente em 21 seleções olímpicas do Brasil. O primeiro contato do japonesa com os judocas será de 13 a 17 de maio, quando acontece um período de treinamentos da equipe no Rio.

"A vinda da Yuko visa exatamente a preparação da seleção principal de judô a médio prazo. Só tenho agradecer ao COB por ter entendido essa necessidade do judô brasileiro e ter nos apoiado nessa iniciativa", afirmou o presidente da CBJ, Paulo Wanderley Teixeira, ao exaltar a chegada da técnica japonesa.

"O COB, em conjunto com as confederações, procura trazer treinadores estrangeiros que possam contribuir para o desenvolvimento do esporte brasileiro. Geralmente referências em seus países, estes profissionais têm a missão de agregar qualidade ao esporte nacional e ainda transferir conhecimentos para seus pares nacionais", declarou Marcus Vinicius Freire, superintendente executivo do COB.

Tudo o que sabemos sobre:
judôCBJCOB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.