´Treinei para ser campeã aqui em São Paulo´, diz Lucélia

A mais nova campeã da Corrida Internacional de São Silvestre, em São Paulo, era só alegria momentos após cruzar a linha de chegada, debaixo de muita chuva, na Avenida Paulista. Cheia de confiança, Lucélia Peres confirmou que estava mais do que preparada para ganhar a prova. "A emoção de vencer aqui é muito grande. Treinei para ser campeã e consegui. Dedico esse título para o meu técnico e para os meus pais, que me ajudaram muito", contou.Sobre a prova, Lucélia disse que ficou surpresa com o desempenho da paraibana Ednalva dos Santos, a Pretinha, que terminou na segunda colocação. "Quando a Pretinha encostou em mim, isso me surpreendeu. Mas eu persisti no meu ritmo traçado para a prova e, graças a Deus, consegui a vitória", afirmou a vencedora, que só conseguiu abrir distância da rival na altura do Km 10, no final da Avenida Rio Branco.A vitória de Lucélia foi 14 segundos mais rápida que a da vencedora do ano passado, a iugoslava Olivera Jevtic, que fez o tempo de 51min38. O recorde da prova é de 50min26, de Hellen Kimayio (Quênia), estabelecido em 1993. (V.S.)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.