Treinos da seleção empolgam Zé Roberto

Os Jogos Pan-Americanos de São Domingos terminaram, mas não o trabalho da seleção brasileira feminina de vôlei. As juvenis não conseguiram medalha - terminaram em quarto - na República Dominicana, mas o técnico José Roberto Guimarães e a equipe adulta se preparam desde a semana passada em Barueri (SP) para o Campeonato Sul-Americano e a Copa do Mundo.Se depender do treinador, normalmente comedido, há motivos para otimismo. "O trabalho da primeira semana superou as expectativas", avaliou Zé Roberto, que dedicou os primeiros dias aos exames médicos e aos treinamentos físicos para "igualar" o estágio de preparação de todas as atletas. "Faz tempo que não vejo um ambiente tão bom no grupo de trabalho." Outro ponto forte apontado pelo técnico foi a disposição das atletas aos treinos. Jogadoras experientes na seleção preferiram não fazer muitas comparações entre os métodos de trabalho de Zé Roberto e seu antecessor, Marco Aurélio Motta. A ponta Virna, por exemplo, optou por apontar algumas inovações nos treinamentos. "Para mim, não chegou a ser novidade porque trabalhava com Zé Roberto em clube, mas é a primeira vez que o grupo da seleção trabalha com pilates", disse a atleta. Pilates é um método de educação corporal baseado em exercícios lentos com o objetivo de obter equilíbrio dos músculos e evitar sobrecargas em um ou outro ponto do corpo e, conseqüentemente diminuir a ocorrência de lesões.Zé Roberto explicou que, a partir de agora, a seleção vai trabalhar em novo estágio. "Vamos dar ênfase à parte técnica individual."A equipe, que contará com a presença da levantadora Fernanda Venturini a partir de quinta-feira, ainda treinará por mais uma semana antes do embarque para a Colômbia, onde disputa o Sul-Americano entre os dias 4 e 7 de setembro. O campeão da competição garante vaga para a Copa do Mundo, que, por sua vez, define três vagas para a Olimpíada de Atenas.Adaptação - Apesar de nova na função de assistente-técnica, Ana Moser revelou não ter sentido muitas dificuldades em suas primeiras semanas de trabalho. "Muito do que estou fazendo agora, já fazia quando jogadora", contou. Zé Roberto disse que Ana tem sido muito útil no auxílio ao trabalho de preparação física das atletas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.