Michael Buholzer/Reuters
Michael Buholzer/Reuters

Três seguem na briga por milhão na Golden League

Etíope Kenenisa Bekele, norte-americana Sanya Richards e russa Yelena Isinbayeva estão na disputa

AE, Agencia Estado

28 de agosto de 2009 | 17h37

A luta pelo prêmio de US$ 1 milhão (aproximadamente R$ 1,9 milhão) dado para o atleta que vencer todas etapas da Golden League ainda tem três atletas na disputa. Nesta sexta-feira, o etíope Kenenisa Bekele (3 ou 5 mil metros), a norte-americana Sanya Richards (400 metros) e a russa Yelena Isinbaeva (salto com vara) venceram suas provas na etapa de Zurique e precisam de apenas mais uma vitória para serem premiados. A jamaicana Kerron Stewart, derrotada nos 100 metros, está fora da disputa. A última etapa da Golden League será disputada no dia 4 de setembro, na cidade de Bruxelas.

 

Veja também:

link Isinbaeva bate recorde mundial na Suíça; Murer é bronze

especial ATLETISMO - Tudo sobre a competição na Suíça

lista PÓDIOS - Confira todos os medalhistas da etapa

A norte-americana Sanya Richards, campeã mundial dos 400 metros, confirmou o seu domínio da prova ao vencer em 48s94. O tempo da atleta foi o melhor do ano na distância, superando até sua marca em Berlim, quando conquistou a medalha de ouro em 49s00.

O etíope Kenenisa Bekele registrou a melhor marca da temporada nos 5 mil metros para se manter na briga pelo prêmio milionário. Ele venceu a prova em 12min52s32, superando a sua marca da etapa de Roma da Golden League em Roma em 12min56s23.

Já a russa Yelena Isinbaeva segue na briga depois de se recuperar do fracasso no Mundial de Berlim em grande estilo. Ela venceu a disputa do salto com vara com 5,06 metros, quebrando novamente o recorde mundial.

Kerron Stewart foi superada por Carmelita Jeter. A atleta norte-americana venceu os 100 metros, com o tempo de 10s86. A jamaicana terminou a prova em segundo lugar, com 11s04. Debbie Ferguson-McKenzie, de Bahamas, registrou o mesmo tempo de Stewart.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.