Três seguranças olímpicos são presos em Newcastle

Detenções aconteceram em razão de irregularidade em documentos de permanência no país

AE-AP, Agência Estado

27 de julho de 2012 | 11h56

LONDRES - As autoridades britânicas disseram nesta sexta-feira que três pessoas que iam trabalhar na segurança da Olimpíada na cidade de Newcastle, que recebe partidas do futebol dos Jogos de Londres, foram presas por suspeitas de que violaram as leis de imigração.

O governo local de Newcastle substituiu esta semana a G4S, a empresa que fornece os seguranças para os eventos da Olimpíada na cidade, por empresas locais em razão da preocupação de que a empresa não iria conseguir recrutar pessoal suficiente para trabalhar.

O porta-voz do governo, Nigel Whitefield, confirmou nesta sexta-feira que pessoas que haviam sido contratadas para trabalhar no estádio do Newcastle, o St. James Park, foram as detidas.

A polícia de Northumbria explicou que as pessoas foram presas porque o visto de permanência no país venceu ou por trabalharem de forma ilegal. O Ministério do Interior britânico confirmou as detenções.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.