André Lessa/AE
André Lessa/AE

Tri no Pan faz Maurren mudar plano olímpico

Saltadora terá de adiar o início de temporada de 2012 para disputar em alto nível os Jogos de Guadalajara

Valéria Zukeran, O Estado de S.Paulo

24 de fevereiro de 2011 | 00h00

Maurren Maggi vai ter de se desdobrar nos treinamentos por uma "questão pessoal". A campeã olímpica do salto em distância terá de mudar a programação de treinos para a Olimpíada de 2012 e vai deixar o Campeonato Mundial de Atletismo de Daegu (Coreia do Sul) em segundo plano por causa dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. "A programação de 2012 será um quebra-cabeças. Normalmente estaria em começo de temporada em outubro, mas este ano, por causa do Pan, estarei no fim", diz Maurren. O evento no México será em outubro.

A atleta não quer abrir mão de lutar pelo tricampeonato no México e não esconde seu objetivo na competição continental, que venceu em 1999 e 2007. "Tirando as russas, as principais atletas - americanas, jamaicanas, cubanas uma boa colombiana e as brasileiras - estarão lá. Será uma competição forte e esse tri é uma questão pessoal", diz Maurren.

No Pan, a saltadora terá a oportunidade de apagar uma triste lembrança. "Competi lá (no México) uma vez e não foi uma boa experiência. Fiquei a um centímetro do índice para o Mundial. Por outro lado, foi lá que meu ídolo, João do Pulo, bateu um recorde mundial e ganhou uma grande medalha."

A campeã olímpica diz que ainda não encontrou uma solução para a questão de sua preparação para a Olimpíada. "Um passo de cada vez", diz Maurren, sem pressa. Ela considera que não adianta fazer planos antes de ter em mãos os resultados desta temporada. A meta será ficar o mais próximo possível dos sete metros, marca estampada nas costas de sua camiseta. "Acho que para ser competitiva terei de saltar 6,80 metros, 6,90 metros",avalia.

Seu técnico, Nélio Moura, prevê que as primeiras competições "para valer" de 2011 serão em maio. "Ainda não decidimos se será em Doha ou Guadalupe." Depois, a campeã olímpica participa de provas no Brasil e vai para a Europa antes do Mundial. "Talvez participemos de competições da Liga Diamante", afirma o treinador. Na sequência, ela disputará o Pan.

Treino. Nesta quarta-feira, Maurren fez um treino de luxo no 1.º Festival de Velocidade, Saltos, Meio-Fundo e Fundo da Federação Paulista de Atletismo (FPA). A campeã olímpica estabeleceu 6,32 metros e ganhou a disputa contra outras duas competidoras. Não saiu satisfeita com o resultado - considera que a falta de adversárias atrapalhou seu trabalho - mas ficou feliz por estar "zerada" das contusões na coxa e no quadril, posteriores a uma cirurgia no joelho, que a afastaram das competições por seis meses.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.