Triatleta penalizada entra na Justiça

Sandra Soldan anunciou nesta segunda-feira que vai entrar com ação no Tribunal Regional do Esporte contra os organizadores da etapa do Troféu Brasil de Triatlo, realizado neste fim de semana, em Santos. A triatleta disse que não vai participar das outras etapas da competição. Explicou que só depois de uma hora e meia do fim da prova ficou sabendo de sua desclassificação por causa de duas penalizações - perdeu o número durante a natação e utilizou vácuo na prova de ciclismo."Estava sempre ultrapassando pela direita e cumprindo o regulamento à risca. A Carla (Moreno, que venceu a prova) usou o meu vácuo e nada foi marcado. Aí, inventaram um vácuo meu", reclamou a triatleta, que acha que a organização a prejudicou de propósito. "Vou me dedicar ainda mais nos treinos, mas agora visando às etapas da World Cup e do Pan-Americano", declarou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.