Tricampeão olímpico da canoagem presidirá candidatura de Paris aos Jogos de 2024

Tony Estanguet trabalhará em parceria com Bernard Lapasset

Estadão Conteúdo

15 de setembro de 2015 | 11h17

Dono de três medalhas de ouro olímpicas na canoagem, o francês Tony Estanguet terá o desafio de ajudar o seu país a voltar a sediar uma edição dos Jogos. Aposentado do esporte, Estanguet agora vai compartilhar com Bernard Lapasset a presidência da candidatura de Paris aos Jogos Olímpicos de 2024, em uma ação para colocar um atleta de ponta no comando da campanha.

As candidaturas anteriores da França, aos Jogos de Verão de 2012 com Paris e aos Jogos de Inverno de 2018 com Annecy, fracassaram e deixaram a percepção de que o excesso de interferência governamental pode ter atrapalhado as tentativas do País de voltar a sediar uma edição da Olimpíada.

Estanguet é um dos atletas mais queridos da França e também faz parte do Comitê Olímpico Internacional (COI), tendo faturado medalhas de ouro na disputa do C1 da canoagem slalom nos Jogos de 2000, 2004 e de 2012.

Agora ele terá um papel proeminente na candidatura de Paris para sediar a Olimpíada de 2024, numa disputa que também envolverá Roma, Hamburgo, Budapeste e Los Angeles.

"Não há melhores pessoas para falar com pessoas dos esportes do que as pessoas dos esportes", disse o chefe-executivo da candidatura de Paris, Etienne Thobois, esperando que a cidade seja a escolhida pelos membros do COI em 2017.

Tudo o que sabemos sobre:
Olimpíada de 2024ParisTony Estanguet

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.