Trickett fica perto de recorde mundial nos 100m livre

A nadadora australiana Libby Trickett ficou muito perto de bater seu recorde mundial nos 100 metros livre nesta quinta-feira: ela marcou 52s99 na final do Campeonato Australiano, nesta quinta-feira, apenas 11 centésimos acima do tempo de 52s88, que conquistou na seletiva olímpica do país, no ano passado.

AE, Agencia Estado

19 de março de 2009 | 10h19

Com a vitória, Trickett assegurou sua vaga no Mundial de Esportes Aquáticos, que será disputado em Roma, no mês de julho, e poderá defender o título conquistado há dois anos, em Melbourne. "Quero fazer o meu melhor cada vez mais", afirmou a nadadora.

Trickett, que causou polêmica ao treinar com o recordista mundial da prova masculina, Eamon Sullivan. "Sou muito competitiva e não me sinto mais satisfeita disputando só com mulheres", contou. Nos Jogos de Pequim, ela ficou com a medalha de prata nos 100 metros livre, superada pela alemã Britta Steffen, mas faturou o ouro nos 100 metros borboleta e no revezamento 4x100 metros medley.

Sullivan nadou as eliminatórias dos 100 metros livre nesta quinta-feira e fez o melhor tempo, com 48s24, tempo mais de um segundo superior a seu recorde mundial, de 47s05, na final olímpica de Pequim. Mostrou, no entanto, que está recuperado da cirurgia na costela a que se submeteu há dois meses - nada a final nesta sexta-feira.

Mais conteúdo sobre:
nataçãoLibby Trickett

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.