Triplista britânico é punido por dirigir embriagado

Ex-campeão mundial do salto triplo, o britânico Phillips Idowu perdeu a sua licença para dirigir por dois anos depois de ter sido flagrado guiando nos arredores de Londres sob o efeito de álcool. Além disso, o triplista terá que prestar serviços comunitários por um ano e pagar multa.

AE-AP, Agência Estado

07 Outubro 2013 | 12h44

Idowu se declarou culpado por dirigir embriagado em julgamento realizado nesta segunda-feira. Ele havia sido flagrado com níveis acima do permitido de álcool no sangue enquanto dirigia no entorno da capital britânica, no mês passado.

A corte de Chelmsford determinou que o triplista, de 34 anos, cumpra 50 horas de serviços comunitários nos próximos 12 meses, pague multa de 145 libras e também se responsabilize pelos 85 libras que custou o processo, num total de pouco mais de R$ 800.

O britânico, um dos maiores rivais de Jadel Gregório na melhor fase do triplista brasileiro, ganhou medalha de prata nos Jogos de Pequim/2008 e foi campeão mundial em Berlim, no ano seguinte.

Mais conteúdo sobre:
atletismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.