Troféu Brasil: Jadel se livra de eliminatória e ganha folga

O triplista Jadel Gregório ganhou uma folguinha neste sábado, penúltimo dia de competições do Troféu Brasil de atletismo. Jadel iria participar, a partir das 10h30, do qualificatório do salto triplo, mas o pequeno número de atletas inscritos fez com que a disputa fosse direto para a final. A prova, neste domingo, às 9h30, praticamente abre o último dia de provas do Troféu Brasil, cuja programação começa meia hora antes. Jadel chegou ao Brasil na quinta-feira - há uma semana esteve na Grécia, onde conquistou a medalha de prata na Copa do Mundo de atletismo com a marca de 17,41 metros. Como a disputa nacional, da qual é o recordista (17.73 m, conquistados na edição passada), é realizada em fim de temporada, o triplista pode optar ou não por competir no Sul-Americano de atletismo, a partir de 29 de setembro, na Colômbia. Várias outras provas, no entanto, tiveram a disputa das eliminatórias neste sábado. A equipe BM&F dominou as semifinais dos revezamentos 4x100 metros. No feminino, a equipe formada por Lucimar Moura, Maíla Paula Machado, Thatiana Ignácio e Lorena de Oliveira registrou o melhor tempo: 45s02. Entre os homens, o time composto por Raphael de Oliveira, Basílio de Moraes Júnior, Fernando Pereira de Almeida e Thiago Caraíba chegou em primeiro com a marca de 39s83. Nas semifinais dos 800 metros, Osmar Barbosa dos Santos provou que continua entre os atletas de alto nível do País: aos 37 anos, fez o primeiro tempo (1min47s64) e segue para a disputa da medalha de ouro, no domingo, às 10h15. Osmar segue animado para a disputa do Pan do Rio, em 2007, e a caminho da Olimpíada de Pequim, no ano seguinte. Nos 400 metros com barreiras, Lucimar Teodoro fez o melhor tempo das semifinais (57s37) e ficou satisfeita com o resultado, já que trocou de técnico há pouco tempo. Na mesma prova, entre os homens, Rapahel Fernandes foi o primeiro, com o tempo de 50s65.

Agencia Estado,

23 Setembro 2006 | 13h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.