Tsuboi atinge melhor ranking do Brasil no tênis de mesa

Atleta atingiu o 35.º lugar do mundo, com 2.245 pontos, e mira passo maior nas competições que terá na Alemanha e na República Checa

Estadão Conteúdo

11 de agosto de 2014 | 16h50

O tênis de mesa brasileiro alcançou uma marca histórica nesta segunda-feira, através de Gustavo Tsuboi. O atleta de 30 anos subiu uma posição no ranking da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF, na sigla em inglês) e chegou a 35.º do mundo, com 2.245 pontos, melhor colocação de um mesa-tenista do País na história.

Tsuboi celebrou a marca, mas afirmou que o passo mais difícil foi subir de 69.º para 36.º, após a boa campanha no Mundial por Equipes, quando o Brasil foi 17.º no masculino, sua melhor posição na competição. "Ganhar mais uma posição é sempre bom e estou muito contente. Mas fiquei emocionado mesmo quando subi da 69ª para a 36ª colocação, após a participação no Mundial por Equipes, no Japão."

O grande momento do tênis de mesa brasileiro, no entanto, não é refletido apenas em Tsuboi. Outros dois atletas do País estão entre os 100 melhores do ranking mundial. Hugo Calderano chegou a 2.126 pontos e está em 64.º, sua melhor posição na história. Já Cazuo Matsumoto soma 2.116 e é o 68.º colocado.

É vivendo este bom momento que Tsuboi se prepara para os próximos desafios na temporada. "Vou iniciar os treinamentos de olho na disputa da Bundesliga (Liga Alemã) e no Aberto da República Tcheca, que acontece no fim de agosto. É o reinício da temporada. Essa subida no ranking me faz ficar mais motivado e animado para seguir treinando e disputando os torneios", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.